A Teia de Carlota

Autor E. B. White
Coleção Estrelas da Literatura Juvenil
ISBN 9789898839510
PVP 13.99€ (IVA incluído)
1.ª Edição maio 2016
Edição atual 2.ª
Páginas 192
Apresentação capa mole
Dimensões 130x198x14 mm
Idade 8+
Categorias 1.º Ciclo de Ensino Básico Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais 2.º Ciclo de Ensino Básico 3.º Ciclo de Ensino Básico Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais
  • Ler+

Plano Nacional de Leitura
Literatura - dos 9-11 anos - dos 12 aos 14 anos

Um dos maiores clássicos da literatura infantil, lido por milhões em todo o mundo. Emocionante e absolutamente mágico!

O porquinho Abílio é o mais fraco e mais pequeno da ninhada. Por isso, todos o põem de lado. Todos exceto Flor, um doce de menina, que decide cuidar dele.

Entretanto, Flor é obrigada a separar-se de Abílio e a levá-lo para a quinta dos tios. As constantes visitas de Flor alegram os dias do porquinho, que vai crescendo e vivendo uma vida pacata, pelo menos até descobrir que está prestes a ser servido como jantar de Natal! Horrorizado, Abílio tenta fugir, mas parece não ter como escapar.

Os lamentos do porquinho são ouvidos por Carlota, uma sábia aranha cinzenta, que se torna amiga de Abílio e decide ajudá-lo.
Mensagens inspiradoras vão surgindo na teia de Carlota, e um verdadeiro milagre irá acontecer!

Repleto de personagens inesquecíveis, A Teia de Carlota é uma história intemporal sobre a amizade, o amor e a lealdade.

Um dos 100 melhores livros de sempre para a revista Time.

E. B. White

Nascido em Nova Iorque, foi desde sempre um apaixonado pela literatura e pela escrita. Aos 22 anos começou a trabalhar na revista The New Yorker, onde permaneceu como editor e jornalista durante toda a sua carreira.

E. B. White escreveu três livros para crianças que se tornaram clássicos mundiais e que foram também adaptados para cinema: A Teia de Carlota (ed. Booksmile, 2016, distinguido com o Newbery Honor Book), A História de Stuart Little (distinguido com a Laura Ingalls Wilder Medal) e O Cisne e o Seu Trompete.

Muitos jovens leitores perguntaram ao autor se as suas histórias eram verdadeiras. Numa carta aos fãs, ele respondeu: «Não, são contos de fadas… mas existe a vida real e também a vida da imaginação.»

Além de livros para crianças, E. B. White escreveu poesia e diversos ensaios, que lhe valeram numerosas distinções, entre as quais um prémio Pulitzer.