Clubes de Leitura na Escola na primeira pessoa: testemunhos de duas professoras bibliotecárias

Andreia Duarte, professora bibliotecária no Agrupamento de Escolas da Ericeira

Quando acreditamos que um livro é uma máquina de viajar no tempo, um tapete mágico que nos permite contactar com todos os lugares sem abandonarmos o nosso chão, que nos permite ouvir o pulsar de outros corações, de vestir a pele de outro ou outros, sem deixarmos de ser quem somos, como nos diz Luísa Dacosta, a nossa missão enquanto professores é levar o livro a todos, para que cada vez que o leitor se dispõe a ler, toda esta magia aconteça…

Nas nossas Bibliotecas Escolares, existe há muito tempo o projecto de empréstimo domiciliário “Ler a qualquer hora”, onde os alunos requisitam livros para lerem quanto e onde quiserem. Contudo, apesar de manifestarem que adoram requisitar os livros, manusear os livros… nem sempre revelam ter lido os livros. Por isso, nasceu uma comunidade de leitores / clube de leitura denominada «Este livro é a minha cara», onde a leitura acontece verdadeiramente. A participação é voluntária e limitada a dez alunos, num total de trinta divididos por três comunidades leitoras.

Este ano, devido à impossibilidade de juntar alunos de turmas diferentes, desenhámos, nas nossas Bibliotecas Escolares, um projecto de leitura/clube de leitura diferente do habitual, estendendo-se a todas as turmas do 3.º e 4.º anos. Queríamos que todos lessem e todas as turmas aderiram!

Na verdade, só se aprende a ler lendo, e só se desenvolve o gosto pela leitura quando se experimentam situações agradáveis em torno da leitura. Desta forma, procurámos aliar o jogo/desafio ao acto de ler. Assim, inspirados pela tendência das escape rooms, levámos a cabo o projecto de leitura «Capítulo a capítulo a leitura acontece…», onde propusemos a leitura integral de uma obra, mas por capítulos. O grupo só avança para o capítulo seguinte, se resolver os enigmas, charadas e realizar as experiências propostas sobre o capítulo que está a ler.

Propusemos a leitura do volume 9, Alerta no Mar, da coleção O Clube dos Cientistas, de Maria Francisca Macedo, pois considerámos reunir os ingredientes necessários (qualidade de escrita, aventura, mistério, atualidade temática, faixa etária dos protagonistas, ciência), para garantir o sucesso deste projecto. Esta escolha permitiu também a articulação com a área de Cidadania, trabalhando as temáticas Educação Ambiental e Desenvolvimento Sustentável. Cada turma vai seguindo o seu ritmo, sendo fundamental o desenvolvimento do sentido de grupo, uma vez que neste caso a turma só avança toda junta.

Tem sido muito interessante a resposta por parte dos professores e dos alunos. Dos primeiros têm chegado comentários como este: «Eu a pensar que a minha turma ia demorar muito a avançar, devido ao elevado número de casos de alunos com dificuldade de leitura, mas estão tão entusiasmados, que já avançámos para o próximo capítulo.» ou «Tão engraçado, vê-los a ajudarem-se uns aos outros para poderem avançar para o próximo capítulo.». Dos alunos temos ouvido: «Estou a adorar, já li outros volumes da coleção em casa»; «Quero ler outro, qual me recomendas?»; «Estou a ajudar o João, e esta semana já conseguimos avançar para o próximo capítulo»; e ainda «Estou tão curioso com o que vai acontecer… acho que os vão apanhar!»

***

Idalina Costa, professora bibliotecária na Escola Secundária de Sampaio

«A leitura não tem necessariamente de ser uma atividade solitária. Os CLE querem apresentar-se como um lugar de encontro e interação, onde as crianças e os jovens possam melhorar as suas competências, trocar ideias e desenvolver o sentido crítico, compartilhando as suas experiências e descobertas, fazendo-se leitores a partir dos livros escolhidos.»

Partilhando as definições acima transcritas, retiradas da apresentação dos Clubes de Leitura nas escolas, no sítio do PNL, há muito que pretendíamos criar um grupo de leitores na Escola Secundária de Sampaio. Sendo assim, aproveitámos e apresentámos a nossa candidatura para financiamento ao PNL. A candidatura foi aprovada e, numa fase inicial, procedemos à escolha dos livros a adquirir no âmbito desta iniciativa. Nessa escolha, tivemos em conta não só as listas do PNL ou as do Projeto de Leitura (constantes no programa de Português do Secundário) como também títulos que permitissem a discussão e a reflexão conjunta sobre problemas atuais. Feita essa seleção, havia que escolher os livros para este primeiro ano do projeto. Foi feita uma votação onde participaram alunos e professores. Para já, temos um grupo de leitores do 9º ano, todos oriundos da turma D, que têm sido acompanhados, de forma direta, pela professora Rosária Silva (DT), e indireta, pela professora bibliotecária, Idalina Costa.

Começámos com o livro Ser Quem Sou, de Margarida Fonseca Santos. E a primeira sessão do Clube de Leitura contou com a presença da escritora por videoconferência, a 26 de janeiro de 2021. Ao longo de hora e meia, conversou com os alunos do 9.º D sobre o livro escolhido, sobre a escrita e a leitura, e respondeu às perguntas que lhe colocaram. Houve ainda tempo para a leitura de dois excertos escolhidos pelos alunos, para a apresentação de um texto escrito por um grupo de alunas sobre um dos temas abordados no livro (as escolhas que, em breve, os alunos vão ter de fazer sobre a área de estudos que querem seguir no 10.º ano). No início, foi apresentada uma biografia da escritora por um dos alunos da turma. Além dos alunos do 9.º D, estiveram também presentes as professoras Rosária Silva, Madalena Pinela e a PB Idalina Costa.

Foi um encontro bastante agradável e esperamos que tenha sido enriquecedor para os alunos e os tenha motivado para a leitura e também para a escrita. A este propósito, um dos alunos participantes disse, no final, que, depois deste encontro, se sentia motivado para voltar a escrever. Se não houvesse outras razões, pensamos que só por essa já valeu a pena. E, apesar de todos os constrangimentos atuais, causados pela pandemia, estamos já a preparar a segunda sessão. Em princípio, seguir-se-á a leitura de O Museu do Pensamento, de Joana Bértholo, ou de Ética para um jovem, de Fernando Savater.

Para consultar o que já fizemos e seguir o que virá, sugerimos a visita ao blogue do nosso Clube de Leitura.