Contos Escolhidos de Oscar Wilde

Autor Oscar Wilde
Coleção Tesouros da Literatura
ISBN 9789897075209
PVP 9.39€ (IVA incluído)
1.ª Edição setembro de 2017
Edição atual 3.ª
Páginas 160
Apresentação capa mole
Dimensões 140x208x11 mm
Idade 9+
Categorias 2.º Ciclo de Ensino Básico 3.º Ciclo de Ensino Básico Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais 1.º Ciclo de Ensino Básico Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais
  • Ler+
  • Metas Curriculares

Plano Nacional de Leitura
Literatura - dos 9 aos11 anos - dos 12 aos 14 anos

A genialidade de Oscar Wilde continua a fascinar leitores de todas as idades, de todos os tempos.

Oscar Wilde consagrou-se, ainda em vida, um dos mais importantes escritores da língua inglesa no século XIX.

Através das suas histórias cativantes e das mais improváveis personagens, procurava desmascarar vícios e defeitos da sociedade e apresentar questões éticas e morais, sem cair num falso moralismo.

 O Amigo Dedicado, O Príncipe Feliz, O Menino-Estrela, O Gigante Egoísta, O Aniversário da Infanta e O Foguete Distinto, contos aqui reunidos, revelam a subtileza da inteligência, do humor e da sensibilidade de Oscar Wilde.

 Prefácio e  Nova Tradução por Carla Maia de Almeida.

Oscar Wilde

Oscar Wilde nasceu a 16 de outubro de 1854, em Dublin. Filho de um médico de renome e de uma poetisa, cresceu num ambiente protestante, rodeado de intelectuais. Mais tarde, escolheu converter-se ao catolicismo.

Oscar Wilde era muito estudioso. Em 1871, recebeu a sua primeira bolsa de estudo para ingressar na Trinity College, em Dublin. Anos mais tarde, é eleito o melhor estudante de Grego da Universidade, o que o fez ganhar uma bolsa para estudar em Oxford, onde também se formou com distinção. Mudou-se para Londres, e foi então que se iniciou na escrita, publicando, em 1881, Poems.

Após afirmar-se como escritor, poeta e dramaturgo, Oscar Wilde viajou até Nova Iorque, no papel de conferencista, onde se relacionou com algumas personalidades do meio literário, como Walt Whitman, que muito o influenciaria.

Em 1891, publicou Intentions, a primeira abordagem ao Movimento Estético, também conhecido como Dandismo. No mesmo ano, lançou o seu primeiro e único romance, O Retrato de Dorian Gray, por muitos considerado uma obra-prima da literatura mundial.