Já Sou Normal?

Autor Holly Bourne
ISBN 9789895645596
PVP 18.79€ (IVA incluído) Preço fixo até 31-10-2022
1.ª Edição maio de 2021
Edição atual
Páginas 384
Apresentação Capa mole
Dimensões 150x230x26 mm
Idade 15+
Categorias Ensino Secundário Adultos Outros Títulos Recomendados

Da autora do aclamado Isto Só Acontece nos Filmes

Nomeado para Melhor Livro Young Adult pela Bookseller 

A Evie só tem um desejo: ser normal!
É pedir muito?

Talvez agora que a Evie está prestes a deixar a medicação e a voltar às aulas, numa escola onde ninguém sabe do seu pequeno «surto», as coisas voltem à normalidade. Nova turma, novas amigas… Só falta o seu primeiro namorado!

Não é novidade que as relações levam qualquer um à loucura, mas para a Evie, que é uma verdadeira bomba-relógio, podem ser catastróficas! Ela devia partilhar os seus problemas com as novas amigas, duas feministas em ascensão e com muito para ensinar, mas a Evie não quer ficar conhecida como «a rapariga que se passou»… Até que o peso dos seus segredos começa a ameaçar a sua busca pela tão desejada «normalidade».

Depois de Isto Só Acontece nos Filmes, Holly Bourne volta para maravilhar os seus leitores com Já Sou Normal?, que se foca no diálogo sobre a saúde mental e o feminismo, assim como na importância da sororidade nos dias de hoje. 

Quebrando estigmas sobre a saúde mental, esta é uma história de amor, desgosto e descoberta do amor-próprio, pela voz revolucionária de Holly Bourne.

Holly Bourne

Holly Bourne iniciou a sua carreira de jornalista no Surrey Mirror, tendo sido nomeada, em 2010, para o prémio de Melhor Jornalista de Imprensa do Ano. Depois disso, trabalhou como editora e, anos mais tarde, como conselheira na área dos relacionamentos amorosos e da saúde mental. Inspirada pelo seu trabalho com casais e jovens, começou a escrever romances Young Adult sobre feminismo, doenças mentais e relações amorosas. 

O seu interesse por estes temas levou-a a envolver-se na Women’s Aid, uma associação contra a violência doméstica, e a assumir um papel ativo na sensibilização para as relações abusivas.