Sessenta Contos

Autor Dino Buzzati
ISBN 9789896232559
PVP 24.99€ (IVA incluído)
1.ª Edição abril de 2018
Edição atual 1.ª
Páginas 456
Apresentação capa mole
Dimensões 150x225x32,3 mm
Categorias Catálogo 3.º Ciclo de Ensino Básico Ensino Secundário Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais Plano Nacional de Leitura e Aprendizagens Essenciais

Um volume que ilustra a mestria na narrativa breve de um dos nomes incontornáveis da literatura do século XX.

Volume de contos selecionados em vida pelo próprio autor, fruto de uma preferência pessoal e súmula do que melhor representa o seu universo singular, nestes Sessenta Contos encontramos bosques tenebrosos, montanhas desoladas habitadas por estranhas criaturas, cidades medievais, bandos de salteadores, viajantes incautos em fuga e obscuras maquinações políticas; paisagens imaginadas que se abrem a realidades metafísicas, a arquiteturas impossíveis, góticas, oníricas, nas quais sobressai a inquietação do homem perante o seu destino, o mistério da sua existência, o horror pela vida nas cidades e as suas rotinas diárias.

«Magnífico, o último fabulista moderno.» – The Guardian

«Um dos mais importantes autores do século XX.» – Magazine Littéraire

«Uma escrita que, na harmonia do seu conjunto, se confunde com a musicalidade da poesia.» – Ricardo Duarte, Jornal de Letras

Dino Buzzati

Dino Buzzati (Belluno, 1906 – Milão, 1972) é autor de uma vasta produção narrativa que inclui volumes de contos, romances, peças de teatro, poesia e obras que conjugam texto com ilustração.

O seu universo temático singular, junção de existencialismo e de uma visão fantástica e absurda do real, inclui os romances O Segredo do Bosque Velho e O Deserto dos Tártaros, este último adaptado ao cinema em 1976; os volumes de contos Os Sete MensageirosPânico no Scala e A Derrocada da Baliverna; a novela gráfica Poema a Fumetti, de 1969; ou o livro infantil ilustrado La Famosa Invasione degli Orsi in Sicilia. A publicação de Sessenta Contos, em 1958, mereceu ao autor a atribuição do prestigiado prémio Strega.